Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Sport vence Atlético-MG em jogaço pelo Brasileirão na Ilha do Retiro


  • spo-cam-4.jpgFoto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife
  • spo-cam-3.jpgFoto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife
  • spo-cam-2.jpgFoto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife
  • spo-cam-1.jpgFoto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife
Os torcedores que foram à Ilha do Retiro nesta quarta-feira foram agraciados com um jogaço. Melhor para a maioria do público presente, que viu o Sport vencer o Atlético-MG por 3 a 2, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.
Em um primeiro tempo bem agitado, os donos da casa abriram o placar com Rogério, que recebeu grande passe de Anselmo e driblou Victor, antes de estufar a rede.
Pouco depois da volta do intervalo, os visitantes empataram com Cazares, que aproveitou sobra na pequena área, após cabeceio bloqueado de Luan. Mais tarde, Ricardo Oliveira, completamente livre, virou ao aproveitar.
Os alvinegros mal comemoraram e levaram o empate em um chute desviado de Gabriel de fora da área. Na sequência, os donos da casa ficaram à frente com um pênalti convertido por Michel Bastos.
Com o resultado, a equipe rubro-negra, que vinha de um triunfo por 3 a 2 sobre o Palmeiras, em pleno Allianz Parque, vai aos mesmos 14 pontos do líder Flamengo, que joga nesta quinta, contra o Bahia. Já os alvinegros, que tinham perdido em casa para justamente o Flamengo em seu último compromisso, estacionam nas 13 unidades.
Agora, o Sport voltará a campo pelo Brasileirão no sábado, quando visitará o Internacional no Beira-Rio, às 16h (de Brasília). No mesmo dia e horário, o Atlético-MG receberá a Chapecoense no Independência.
O Sport não demorou para dar o primeiro susto no adversário. Logo no minuto inicial, a equipe de Recife chegou por duas vezes, ambas com perigo, mas não finalizou contra a meta do goleiro Victor. Em uma delas, ficou a reclamação de toque na mão de Fábio Santos, mas o árbitro nada marcou.
Aos 3 minutos, Róger Guedes recebeu a bola na área e tentou a finalização. Na jogada seguinte, Ricardo Oliveira recebeu a bola na área e chutou forte. A redonda parou na defesa do Sport.
No desenho tático, o Atlético fazia com que Luan atuasse praticamente como um terceiro homem do meio campo. O jogador buscava a bola na defesa e ajudava Cazares na saída de bola. Aliás, em alguns momentos, o equatoriano ficava até mais próximo dos atacantes.
E o time visitante passou a ficar mais presente no ataque. O Sport lutava bastante no meio campo, mas o Atlético era melhor tecnicamente e, assim, chegava à frente com facilidade maior. Aos 19, Magrão fez milagre. Em jogada da esquerda, a bola chegou em Ricardo Oliveira. O atacante finalizou forte, de cabeça, mas Magrão evitou o primeiro gol atleticano.
O Atlético teve uma grande chance. Em lançamento direto de Victor, Luan ficou de frente para Magrão. A redonda correu muito e o goleiro conseguiu sair. Na trombada, ambos ficaram no chão por alguns instantes.
No lance seguinte foi a vez do Sport. Em lançamento no meio da zaga, Rogério driblou Victor, e mandou para o fundo da rede.
Após sofrer o gol, o Atlético sentiu. O drama da equipe passava pela esquerda, com os homens de frente do Sport investindo bastante nas costas de Fábio Santos. Algumas chegadas aconteciam, no entanto, eram menos frequentes.
O Sport, por sua vez, se tornou muito agressivo. Em duas oportunidades, a equipe chegou com perigo e Rafael Marques quase ampliou.
Aos 3 minutos, em cruzamento de Ricardo Oliveira, na esquerda, Luan, de peixinho, desviou. A zaga tirou, mas a bola sobrou para Cazares, sem goleiro, sem defensor, só ele e o gol, para empatar a partida.
A equipe alvinegra passou a dominar o jogo completamente. O Sport já não conseguia ir ao ataque e perdia jogadas no meio campo. Aos 17, o Atlético até conseguiu marcar seu gol. Em cruzamento na área, Bremer desviou. Momentos antes, porém, Adilson fez falta, e o árbitro anulou o lance.
Aos 20, o Atlético chegou ao segundo gol. Em boa jogada de Róger Guedes, Magrão defendeu. Blanco pegou o rebote e mandou para Ricardo Oliveira, que marcou.
Aos 22, o Sport chegou ao empate. Em boa chegada do time da casa, Rafael Marques segurou a bola bem e rolou para Gabriel, que chutou e contou com a sorte do desvio no meio do caminho para a bola entrar.
No minuto seguinte, em nova pressão do Sport, o árbitro marcou pênalti. O lance gerou polêmica, a partida ficou parada por alguns instantes, mas Michel Bastos foi para a cobrança. Bola para um lado, Victor para o outro, e o jogo ganhou nova virada.

Fonte: ESPN
Postar um comentário