Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

segunda-feira, 4 de junho de 2018

Serginho brilha, América-MG vence Atlético-PR e ganha alívio no Brasileiro

  • ame-atlpr-6.jpgFoto: Mourão Panda / América
  • ame-atlpr-5.jpgFoto: Mourão Panda / América
  • ame-atlpr-4.jpgFoto: Mourão Panda / América
  • ame-atlpr-3.jpgFoto: Mourão Panda / América
  • ame-atlpr-2.jpgFoto: Mourão Panda / América
  • ame-atlpr-1.jpgFoto: Mourão Panda / América
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)
O América-MG estava melhor no primeiro tempo, mas saiu atrás do placar contra o Atlético-PR na partida deste domingo (3) no Independência. Quem apareceu para empatar o jogo foi Serginho, ainda no primeiro tempo. Já na etapa final, o camisa 10 voltou a brilhar, fez mais um nos 45 minutos finais e foi decisivo na vitória dos donos da casa. No fim, Ademir fez o terceiro e garantiu o triunfo por 3 a 1 em duelo válido pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro.
A vitória alivia o time mineiro, que estava pressionado com duas derrotas seguidas (3 a 1 São Paulo e 1 a 0 Corinthians). Com o triunfo, o América-MG chega aos 13 pontos e salta para o 11º lugar. Já os paranaenses estacionam nos nove pontos e ficam na 16ª posição, a um ponto da zona de rebaixamento.
Na 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, o América-MG recebe o Atlético-MG na próxima quinta-feira (7), novamente no Independência. Um dia antes, o Atlético-PR visita o Sport na Ilha do Retiro.
SERGINHO
Serginho chamou a responsabilidade e fez os dois gols dos mineiros na partida deste domingo. O meia já havia criado boa chance quando a partida estava 0 a 0 (chute em cima de Felipe Alves), depois mostrou oportunismo nas duas chances dentro da área e agora tem quatro gols no Campeonato Brasileiro.
Já o zagueiro Wanderson pecou na marcação e viu as melhores chances do América-MG serem criadas pela direita da defesa do Atlético-PR. No primeiro gol de Serginho, o defensor falhou junto com Matheus Rossetto. Os dois ficaram olhando a bola e não perceberam a chegada do camisa 10 pelas costas.
Na etapa final, mais uma jogada pela esquerda do ataque, novamente no setor de Wanderson, e mais um gol de Serginho. Pouco depois da virada dos donos da casa, o técnico Fernando Diniz tirou o defensor e colocou Raphael Veiga em campo.
O América-MG foi melhor no primeiro tempo, mas saiu atrás do placar. Quando a partida ainda estava 0 a 0, os donos da casa assustaram com Serginho, Gerson Magrão, Christian e Carleto, enquanto os visitantes chegaram na área adversária com um chute de Pablo e outro de Carleto.
Aos 36min, o Atlético-PR conectou bom lançamento para Nikão, que foi derrubado de frente para o gol por Matheus Ferraz. Falta e amarelo para o defensor do América-MG. Thiago Carleto foi para a cobrança, bateu forte e ainda contou com desviou da barreira antes da bola entrar.
Nem deu tempo direito do torcedor atleticano comemorar, e o América-MG arrancou o empate. Aos 39, Judivan se virou em meio a três marcadores e cruzou rasteiro para o meio da área. Serginho se antecipou a Wanderson e a Rossetto e deixou tudo igual no Horto.
Quando a partida ainda estava 0 a 0, o América-MG teve a melhor chance de abrir o placar com Carlinhos. Aos 33min, o lateral-esquerdo apareceu dentro da área e desviou cruzamento rasteiro de Juninho, e a bola tirou tinta da trave direita de Felipe Alves.
Porém, foi o último lance do camisa 6 no jogo. Logo depois, ele caiu no gramado com dores no ombro e foi substituído por Giovanni. Carlinhos se lesionou mais cedo, quando sofreu falta de Matheus Rossetto, e o jogador do Atlético-PR caiu em cima do ombro do lateral do América-MG.
O Atlético-PR teve novidade no gol. Santos está com conjuntivite, foi poupado e deu lugar para Felipe Alves, que fez sua estreia pelo clube paranaense. O goleiro mostrou serviço pela primeira vez aos 11 minutos da primeira etapa, quando desviou chute cara a cara com Serginho. Pouco depois, aos 15, fez a defesa em dois tempos após chute de fora da área de Gerson Magrão.
O segundo tempo começou bastante movimentado e foram os donos da casa que criaram a primeira boa chance, com chute prensado de Judivan. Porém, a melhor oportunidade de gol foi dos visitantes. Aos 10min, Thiago Heleno se lançou para a área adversária, dominou a bola com categoria e, sozinho de frente com Jori, acertou um chute no travessão.
Melhor em campo, os donos da casa foram premiados com o segundo gol de Serginho. Aos 30min, Aylon recebeu lançamento pela esquerda, cruzou na segundo trave e encontrou o camisa 10 livre dentro da área. O meia escorou de cabeça e fez a festa no Independência.
Já nos minutos finais, ainda deu tempo de Ademir fazer o terceiro em belo chute e dar mais tranquilidade aos donos da casa. O jovem atacante recebeu de Christian e acertou belo chute no canto esquerdo de Felipe Alves.
Estádio: Independência, em Belo Horizonte
Juiz: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Gols: Thiago Carleto (CAP), aos 36min do 1º tempo; Serginho (AME), aos 39min do 1º tempo e aos 30min do 2º tempo; Ademir (AME), aos 44 do 2º tempo
Cartões amarelos: Matheus Ferraz (AME); Lucho González e Guilherme (CAP)
AMÉRICA-MG
Jori; Norberto, Matheus Ferraz, Messias e Carlinhos (Giovanni); Christian, Juninho e Serginho; Aylon, Gerson Magrão (Ademir) e Judivan. T.: Enderson Moreira
ATLÉTICO-PR
Felipe Alves; Wanderson (Raphael Veiga), Thiago Heleno e José Ivaldo; Matheus Rossetto , Camacho, Lucho González e Thiago Carleto (Renan Lodi); Nikão, Guilherme e Pablo. T.: Fernando Diniz
Postar um comentário