Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Fluminense vence Palmeiras com Scarpa levando chuva de vaias

  • fluminense-palmeiras-5.jpgMAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.
  • fluminense-palmeiras-4.jpgMAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.
  • fluminense-palmeiras-3.jpgMAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.
  • fluminense-palmeiras-2.jpgMAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.
  • fluminense-palmeiras-1.jpgMAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.
Na abertura da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Fluminense venceu o Palmeiras por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Maracanã. O lateral Gilberto fez o único gol da partida, aos 42 minutos do primeiro tempo.
A partida foi marcada pelas incessantes vaias da torcida tricolor ao meia Gustavo Scarpa, que deixou a equipe das Laranjeiras por meio da Justiça.
O hoje atleta alviverde, por sua vez, pareceu ter sentido a pressão, fazendo péssima partida no Rio de Janeiro e sendo presa fácil para a marcação adversária.
Outro destaque do jogo foi o goleiro Júlio César, que fez dois milagres na primeira etapa, em um chute de Dudu e uma cabeçada de Moisés, e ajudou a garantir o resultado positivo.
Com o resultado, o Tricolor chega a 7 pontos somados nos últimos 9 e vai a 21 no total, na 8ª colocação.
O Verdão, por sua vez, estaciona nos 23 pontos, no 6º posto.
Na próxima rodada, o Fluminense visita o Ceará, no sábado, às 16h (de Brasília), na Arena Castelão.
No dia seguinte, às 11h, o Palmeiras recebe o Paraná Clube, no Allianz Parque.
O JOGO
O Palmeiras começou melhor no Maracanã e quase abriu o placar logo aos 4 minutos. Após falha de Gum, Willian roubou a bola e rolou para Dudu chegar batendo no canto. Júlio César, porém, fez defesa espetacular e salvou os cariocas.
A resposta tricolor veio aos 9, com o centroavante Pedro. Ele recebeu cruzamento rasteiro na meia-lua e tinha bom ângulo para a batida, mas pegou muito mal na bola e isolou nas arquibancadas do Maracanã.
Pouco depois, nova boa chegada palestrina: Marcos Rocha cruzou pela direita e Willian chegou dando um bonito toque de primeira, que saiu pouco acima da meta rival.
E e "Verdão" seguia melhor: aos 19, Willian cruzou para Moisés, que, completamente livre na área, cabeceou forte e já comemorava o gol. No entanto, Júlio César fez mais um milagre e manteve o placar em 0 a 0.
O Flu assustou aos 25, quando Marcos Júnior dominou na área e arrumou para bater de esquerda. O atacante soltou um balaço, mas Antônio Carlos conseguiu chegar a tempo de desviar de coxa para longe.
Minutos depois, Pedro criou mais uma boa chance, ao limpar a jogada na meia-lua para a perna esquerda e bater perto do ângulo de Weverton, que só observou.
Nos minutos finais, o Fluminense aproveitou a jogada aérea, característica dos times de Marcelo Oliveira, para abrir o placar. Gilberto aproveitou rebote de lançamento na área e emendou um bonito chute para estufar as redes.
Na segunda etapa, o time das Laranjeiras se postou bem na defesa, esperando os ataques do Palmeiras e tentando contra-ataques. Já o time paulista tentou algo diferente aos 12, tirando Felipe Melo e colocando Lucas Lima.
A alteração de Roger Machado, porém, pouco influiu no panorama da partida: o Flu se defendia com tranquilidade, enquanto os visitantes pouco ameaçavam a meta de Júlio César.
Em uma das raras chegadas palestrinas, Willian recebeu cruzamento em boa condição para cabecear, mas deu de orelha na bola e acabou atrasando para o goleiro tricolor.
Em seguida, o "Bigode" deu lugar a Deyverson, enquanto o Flu respondeu trocando o amarelado Aírton por Ibañez.
Sem mais lances de destaque, o time de Marcelo Oliveira segurou o resultado sem problemas até o fim e garantiu a vitória no Maracanã. Ainda houve tempo para o zagueiro Edu Dracena levar cartão vermelho por uma falta dura nos acréscimos.
FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 x 0 PALMEIRAS
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro-RJ
Data: 25 de julho de 2018, quarta-feira
Hora: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC)
Assistentes: Helton Nunes e Alex dos Santos (ambos SC)
Cartões amarelos: Aírton e Gilberto (FLU); Mayke e Felipe Melo (PAL)
Cartão vermelho: Edu Dracena (PAL)
GOL 
FLUMINENSE: Gilberto, aos 42 minutos do primeiro tempo
FLUMINENSE: Júlio César; Gilberto, Gum, Digão e Ayrton Lucas; Aírton (Ibañez), Jadson e Matheus Norton; Marcos Júnior (Everaldo), Júnior Dutra (Matheus Alessandro) e Pedro Técnico: Marcelo Oliveira
PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Lucas Lima), Bruno Henrique e Moisés; Gustavo Scarpa, Dudu e Willian (Deyverson) Técnico: Roger Machado
Fonte: ESPN
Postar um comentário