Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 22 de julho de 2018

Fora de casa, Ponte Preta perde para o lanterna Boa Esporte

Em partida válida pela 16° rodada do Campeonato Brasileiro Série B, a Ponte Preta visitou o lanterna Boa Esporte no Estádio Melão e acabou derrotada pelo placar de 2 a 1. Com o resultado, o time da casa chega aos 10 pontos, mas segue na última posição. Os visitantes, com 24 pontos na sétima colocação, perdem a chance de entrar no G4.
O Jogo – A primeira chance da partida foi do Boa Esporte, logo aos três minutos de jogo. Após cobrança de escanteio, a bola foi afastada, mas sobrou para Daniel Cruz, que levantou para Jadson cabecear com perigo. Aos seis, o time da casa chegou de novo, desta vez com Douglas Baggio, que invadiu a área pela esquerda e bateu cruzado, obrigando o goleiro Ivan a trabalhar.
O time mineiro tomava conta das ações da partida, e aos vinte minutos, abriu o placar. Léo Santos, zagueiro da Ponte, tentou sair driblando, mas perdeu a bola para Daniel Cruz, que avançou pela direita e soltou para Douglas Baggio, sozinho, tocar na saída do goleiro.
A primeira chegada da Macaca foi apenas aos 24 minutos. Danilo Barcelos cobrou escanteio fechado, e obrigou o goleiro Igor Rayan a se esticar todo para evitar o gol olímpico. Um minuto depois, em contra-ataque muito veloz, Bruno Tubarão avançou pela direita e cruzou para Helder testar firme e ampliar o placar a favor dos mandantes.
A partir do segundo gol, o Boa passou a se defender mais, jogando atrás da linha da bola e aguardando a tomada de decisão do adversário. A Ponte, contudo, demonstrava pouca inspiração, e não criava nenhum perigo contra o gol de Igor Rayan. Aos 42, após contra-ataque, Douglas Baggio ganhou no alto e quase ampliou o placar, mas a bola saiu por cima.
A Macaca voltou melhor para a etapa complementar, e quase marcou aos seis minutos, quando Igor Vinícius parou no goleiro adversário. Um minuto depois, foi a vez de Júnior Santos bater rasteiro, e ver a bola sair perto da trave direita. Aos 14, o atacante recebeu novamente, passou por dois, invadiu a área e tocou na saída do goleiro para marcar um belo gol e diminuir o prejuízo.
A partir do gol, o time visitante passou a ficar mais com a bola nos pés, mas não conseguia transformar o domínio em grandes chances de gol. O Boa, por sua vez, quando recuperava a posse, procurava prender a bola no ataque, a fim de gastar alguns segundos preciosos.
Aos 39, após contra-ataque, Douglas Baggio recebeu livre, cara a cara com o goleiro Ivan, e tocou no canto para ampliar a vantagem dos mandantes. O árbitro, no entanto, assinalou impedimento duvidoso no lance. Um minuto depois, Felipe Alves recebeu na ponta direita e arriscou, mas Ivan fez a defesa.
FICHA TÉCNICA
BOA ESPORTE 2 x 1 PONTE PRETA
Local: Estádio Melão, em Varginha (MG)
Data: 21 de julho de 2018, sábado
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Luiz César de Oliveira Magalhães (CE)
Assistentes: Nailton Junior de Souza Oliveira (CE) e Anderson Moreira de Farias (CE)
Cartões amarelos: Maycon, Helder e Jadson (Boa Esporte) e Igor Vinicius (Ponte Preta) 
Gols: Boa esporte: Douglas, aos 20 minutos do primeiro tempo, e Hélder, aos 25. Ponte Preta: Júnior Santos, aos 14 minutos do segundo tempo.
BOA ESPORTE: Igor Rayan; Helder (Gabriel Arantes), Rafael Jensen, Luan e Jadson; Maycon (Djavan), Bruno Tubarão, Daniel Cruz (Felipe Alves), Kaio Cristian e Aldo; Douglas Baggio
Técnico: Ney da Matta
PONTE PRETA: Ivan, Igor, Renan Fonseca, Léo Santos e Ruan; Nathan, João Vitor (Felipe Saraiva), Murilo (Paulinho) e Danilo Barcelos; Júnior Santos e Neto Costa (Orinho)
Técnico: João Brigatti
Fonte: Gazeta Esportiva
Postar um comentário