Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Cruzeiro vence o Santos e sai na frente nas quartas da Copa do Brasil

Apresentado nesta semana como novo técnico do Santos, Cuca já comandou o time do banco de reservas nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, no duelo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Porém, o Cruzeiro venceu por 1 a 0 e frustrou os planos do time praiano.
Foto - Vinicius Silva - Cruzeiro - Divulgação
O gol da vitória celeste foi marcado por Raniel, aos 36 minutos do segundo tempo. Com este resultado, o Cruzeiro pode até empatar no jogo de volta, no dia 15 de agosto, no Mineirão, que avança às semifinais da Copa do Brasil.
Quem passar deste duelo enfrenta na semifinal o vencedor de Bahia x Palmeiras. A partida marcou a estreia oficial do VAR em um jogo do futebol brasileiro. No entanto, o recurso do árbitro de vídeo não foi acionado durante a partida.
As estratégias das duas equipes ficaram claras nos primeiros minutos: o Santos tentando manter a posse de bola e controlar o jogo até encontrar espaços para marcar. O Cruzeiro bem postado na defesa em busca de contra-ataques.
O Santos teve bom início e acuou o rival, mas pecou, como de costume na temporada, no último passe. As jogadas começavam bem, porém, terminavam mal. E no melhor momento na partida, quando as brechas começaram a aparecer por volta dos 30 minutos, os visitantes foram inteligentes e esfriaram o jogo, fazendo cera e chamando atendimento médico.
Na sequência, o Cruzeiro teve as melhores chances do primeiro tempo: um chute de fora de Lucas Silva aos 34 minutos, espalmado por Vanderlei, e segundos depois, quando Arrascaeta recebeu quase na pequena área, mas o goleiro saiu bem nos pés do uruguaio.
A tônica da partida se manteve na segunda etapa, mas o Cruzeiro passou a dividir a posse de bola e ter maior controle do jogo. Rodrygo, válvula de escape no primeiro tempo, sumiu. Bruno Henrique teve um ou outro lampejo, mas seguiu distante daquele de 2017.
Aos 21 minutos, o VAR foi acionado pela primeira vez em uma competição nacional. Pelo ponto, o árbitro ouviu que Gabigol caiu na área, mas o zagueiro Dedé não cometeu pênalti. O intervalo foi de 27 segundos.
O jogo ficou morno até uma boa substituição do técnico Cuca, aos 27 minutos, quando Daniel Guedes entrou no lugar de Renato, mal em campo, e Victor Ferraz foi para o meio-campo. O lado direito voltou a ficar forte e, pela esquerda, o Santos teve sua melhor chance.
Dodô aproveitou rebote e levantou na área para Gabriel vir de trás e, sozinho, chutar de primeira para ótima defesa de Fabio aos 33 minutos. O Santos foi para cima, a torcida se levantou… E aí veio o castigo. Dois minutos depois, Raniel recebeu na meia-lua, deslocou David Braz e acertou o canto de Vanderlei.
Nos minutos finais, o alvinegro se lançou ao ataque, mas não teve forças para reagir. O Cruzeiro venceu e obteve ótima vantagem nas quartas de final da Copa do Brasil.
A equipe mineira jogará por um empate para avançar à semifinal no dia 15, no Mineirão.

Fonte: ESPN
Postar um comentário