Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Em duelo agitado, Vitória e Cruzeiro ficam no empate

No Barradão, o Vitória e Cruzeiro protagonizaram uma partida movimentada que acabou por 1 a 1. Com o resultado, o time baiano chegou aos 17 pontos e ocupa a 14º colocação. Enquanto isso, a Raposa fica oitava posição, com 25 pontos.
Foto - Mauricia da Matta - E.C Vitória
Na próxima rodada, o Vitória visita o Grêmio, em Porto Alegre. Já o Cruzeiro encara o Flamengo, no Maracanã. Empolgado com o apoio da torcida, o Vitória iniciou o duelo em cima do Cruzeiro, que tentava controlar o ritmo do adversário e amenizar a pressão.
A primeira chance do Leão veio aos 16 minutos. Mancuello recuou mal, Walter Bou foi atrás da bola e tocou na saída de Rafael. O goleiro conseguiu resvalar no chute e mandou para escanteio.
Com o passar do tempo, o Cruzeiro equilibrou as ações de jogo e cercava o gol defendido por Ronaldo. A principal oportunidade veio com Rafael Sóbis que tabelou com Mancuello e acertou a trave baiana.
Nos minutos finais o Cruzeiro novamente criou uma boa oportunidade. Após cobrança de falta, Ronaldo bateu roupa e a bola ficou limpa com Bruno Silva. O volante soltou a bomba e Aderllan salvou.
O segundo tempo começou agitado. As duas equipes se lançaram ao ataque e criaram boas chances nos minutos iniciais. Pelo lado do Vitória, Bou assustou Rafael em cabeçada. Já o Cruzeiro carimbou novamente a trave. Rafael Sóbis soltou um canhão e acertou o poste.
Aos 13 minutos um lance inacreditável. Após rebote de Rafael, Neilton, sozinho na pequena área, chutou e acertou a trave. 
O gol do Leão parecia questão de tempo e ele veio através da cobrança de pênalti. Murilo derrubou Neilton e o árbitro apontou para a marca da cal. O atacante chamou a responsabilidade e bateu no canto direito, 1 a 0.
O empate não demorou muito. Arrascaeta cobrou falta e achou o zagueiro Manoel na grande área. Sem marcação, o defensor desviou de cabeça e deixou tudo igual. Nos minutos finais o Vitória teve a chance de vencer. Ezequiel limpou a marcação e bateu. A bola foi no ângulo e Rafael fez milagre.

Fonte: Lance
Postar um comentário