Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sábado, 25 de agosto de 2018

Em jogo de lesão de Pedro e dois gols contra, Cruzeiro bate o Flu por 2 a 1

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)
Fechando as partidas deste sábado (25) do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro voltou a vencer após seis compromissos e bateu o Fluminense por 2 a 1 no Mineirão. Curiosamente, a partida contou com dois gols contra. Raniel abriu o placar para os mineiros, mas Henrique jogou contra a própria meta e deixou tudo igual. No segundo tempo, foi a vez de Ayrton marcar contra e dar a vitória aos mineiros.
O jogo também ficou marcado pela lesão do garoto Pedro. O atacante teve uma torção no joelho direito já no final do primeiro tempo e não voltou mais para a partida.
Com o resultado, o Cruzeiro vai aos 30 pontos e encerra a rodada na sétima colocação. Já o Fluminense perde a chance de ultrapassar a própria Raposa e dorme no nono lugar, com 26.
Mesmo sem marcar gols nem oferecer assistências, como tem se acostumado a fazer, Arrascaeta foi um dos principais nomes do setor ofensivo do Cruzeiro, participando bem do jogo e dando conta do recado nos momentos em que Thiago Neves não apareceu.
O Fluminense fez um primeiro tempo equilibrado e teve méritos por não se desesperar após sair atrás no marcador. Mas a falta de agressividade era tanta que a equipe chegou ao empate sem sequer chutar ao gol. Na boa arrancada de Ayrton Lucas, o capitão Henrique chegou de carrinho e marcou contra a meta celeste. O primeiro chute carioca sairia somente aos 37 minutos, com o próprio lateral, que isolou por cima do gol de Fábio.
Os zagueiros Dedé e Ibañez se desentenderam e geraram um empurra-empurra no meio-campo. O defensor do Flu foi tirar satisfação de Lucas Romero após um lance, e o jogador do Cruzeiro tomou as dores do companheiro, partindo para cima e iniciando a discussão. Após chegar a turma do 'deixa disso', o juiz amarelou os dois.
Com meia hora do segundo tempo, Mano Menezes e Marcelo Oliveira protagonizaram uma troca de farpas do lado de fora do campo. O técnico do Flu questionava as reclamações de Mano com "você só quer para você", enquanto o treinador celeste respondia com "agora eles têm pressa".
Curiosamente, Mano igualou Marcelo Oliveira neste duelo contra o Fluminense. Agora com 169 jogos pelo Cruzeiro, ambos ocupam o nono lugar na lista de treinadores que mais comandaram o time em toda a história.
CRUZEIRO
Fábio; Lucas Romero, Dedé, Murilo e Marcelo Hermes (Egídio - Intervalo); Henrique, Lucas Silva; Thiago Neves, Arrascaeta, Robinho (Rafinha - 36'2ºT); Raniel (Barcos - 19'2ºT).
T.: Mano Menezes.
FLUMINENSE
Júlio César; Gilberto, Gum, Ibañez e Ayrton Lucas; Richard, Dodi, Jadson (Júnior Dutra - 29'2ºT) e Sornoza (Danielzinho - 31'2ºT); Matheus Alessandro e Pedro (Kayke - Intervalo).
T.: Marcelo Oliveira.
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Cartões amarelos: Marcelo Hermes, Dedé, Henrique, Lucas Romero (CRU), Gum, Jadson, Ibañez (FLU)
Cartão vermelho: Não teve.
GOLS: Raniel (CRU), aos 13min do primeiro tempo; Henrique (CRU), contra, aos 26min do primeiro tempo; Ayrton Lucas (FLU), contra, 27min do segundo tempo.
Postar um comentário