Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sábado, 18 de agosto de 2018

Inter chega a seis estrangeiros e dá tempo para adaptação de promessa

MARINHO SALDANHA
PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS)
A chegada de Paolo Guerrero elevou o número de estrangeiros do grupo do Inter para seis. E apenas cinco podem jogar, pelo regulamento das competições do Brasil. Com isso, o argentino Martín Sarrafiore, 21, ganhará tempo para se adaptar ao clube e ao futebol profissional, entrando apenas quando estiver totalmente preparado.
A lista de estrangeiros do Inter começa por Victor Cuesta, 29 anos, titular absoluto da zaga. Em seguida, Nico López, 24 anos, se firmou no time principal e vive a melhor fase desde que chegou ao clube. Jonatan Alvez, 30 anos, tem atuado em razão da lesão de Leandro Damião. D'Alessandro, 37 anos, virou reserva mas é figura frequente no time. E a lista é completa com Paolo Guerrero, que aos 34 anos assumirá seu posto na equipe quando tiver condições físicas de jogo.
Desta forma, sobra dos disponíveis o mais jovem. Martín Sarrafiore chegou egresso do Huracán e viveu uma polêmica no desligamento da equipe de sua juventude. Quando assinou pré-contrato com Inter, foi afastado do time principal e passou a apenas treinar novamente com a base.
Ou seja, em sua carreira ele jamais disputou uma partida sequer em times de cima. A estreia pelo Inter ocorreu no time Sub-23. No principal sua participação se limitou a treinamentos e entrada em jogo-treino, quando deu uma assistência para gol de Alvez.
A ideia do Internacional é trabalhar com Sarrafiore ainda distante do time. O estrangeiro precisa se adaptar ao ritmo de treinos e jogos, à cidade, ao país, e apenas então estará pronto para atuar.
"O Sarrafiore é um jogador de boa técnica, chegou bem. Mas precisa se adaptar. Ele nunca disputou uma partida profissional, ainda é um jovem que precisa de tempo", disse o técnico Odair Hellmann em entrevista ao UOL Esporte na última semana.
O plano do Inter aponta integração ao elenco principal aos poucos com, neste primeiro momento, mais jogos pelo time sub-23, até pelo limite de estrangeiros atingido agora. Sarrafiore precisará que algum dos gringos fique fora para ser relacionado.
Em setembro do ano passado, D'Alessandro deu entrada nos documentos e iniciou processo para obter dupla cidadania. Ainda sem a conclusão do trâmite, o argentino segue contando como estrangeiro no elenco do Inter.
Postar um comentário