Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Malcom marca, mas Barcelona perde de virada para a Roma nos EUA

A Roma teve uma pequena vingança sobre o Barcelona na noite desta terça-feira, na cidade norte-americana de Arlington. Uma semana após anunciar o atacante brasileiro Malcom como reforço e ver o ex-jogador do Bordeaux ser contratado pelo Barça, o time italiano conquistou uma vitória por 4 a 2 sobre o espanhol, de virada, pela amistosa Copa Internacional dos Campeões.

Malcom até anotou um gol, o segundo do Barcelona na partida, completando um cruzamento dentro da pequena área. Quando o jogador revelado pelo Corinthians deixou o campo, contudo, a Roma reagiu, virou o marcador e construiu a sua goleada nos minutos finais.

Vítima da Roma também na última Liga dos Campeões, o Barcelona ainda não contou com as suas principais estrelas, o argentino Lionel Messi e o uruguaio Luis Suárez, mas teve outros três brasileiros em ação. O zagueiro Marlon, o volante Arthur e o meia Rafinha, autor do primeiro gol do jogo, foram titulares ao lado de Malcom.
Antes dessa derrota, o Barcelona havia superado o Tottenham nos pênaltis depois de uma igualdade por 2 a 2 com a bola rolando. Agora, prepara-se para enfrentar mais um oponente italiano, o Milan, no sábado. Já a Roma, goleada por 4 a 1 pelo Tottenham, jogará contra o outro grande clube espanhol, o Real Madrid, na terça-feira da semana que vem.
O Barcelona começou a partida ao seu melhor estilo, com bastante troca de passes, tentando envolver a Roma. Deu certo. Logo aos cinco minutos, Malcom tocou a bola de calcanhar para o compatriota Rafinha, que tabelou com Munir, dominou no peito dentro da área e completou para a rede.
Embora o Barcelona tenha continuado solto em campo, do jeito que gosta, a Roma também foi à frente. Em desvantagem no marcador, a equipe italiana passou a investir nas jogadas ofensivas pelas laterais do campo, na busca pela igualdade nos Estados Unidos.
Aos 34 minutos, a Roma achou o seu gol. Filho de Patrick Kluivert, o holandês Justin Kluivert protagonizou boa jogada na direita, desvencilhou-se da marcação e fez um cruzamento na medida para El Shaarawy, livre de marcação, concluir.
Àquela altura, a partida já não parecia amistosa. Manolas, o grego que disse desconhecer Malcom, estranhou-se com o brasileiro à beira do campo e acabou punido com um cartão amarelo antes do intervalo.
No segundo tempo, os dois times aproveitaram para rodar os seus elencos com uma série de alterações, mas o jogo não perdeu emoção. Logo no primeiro minuto, El Shaarawy voltou a colocar bola na rede – o gol foi anulado por impedimento do atacante italiano de origem egípcia.
Do outro lado, valeu. Aos três minutos, Rafinha passou a bola para o marfinense Ballou fazer o cruzamento da esquerda. Esquecido pela marcação da Roma na pequena área, Malcom só teve o trabalho de empurrar para o gol antes de comemorar bastante.
Malcom foi um dos vários jogadores do Barcelona substituídos pouco após a reconstrução da vantagem no marcador. Mesmo desentrosado, o time catalão continuou mais presente no ataque do que a Roma, ainda com forças para alcançar outra igualdade. E até a virada.
Aos 32 minutos, Florenzi protagonizou jogada com Perotti, ficou com uma sobra de bola e colocou o 2 a 2 no placar. Era o que bastava para inflamar os seus companheiros à procura do resultado positivo sobre o clube de Malcom.
Cristante fez o terceiro gol da Roma aos 37 minutos, com um chute cruzado em que o goleiro holandês Cillensen chegou a tocar na bola, mas não com força suficiente para alterar o seu destino.
Quase em seguida, o tcheco Schick foi derrubado dentro da área do Barcelona. Pênalti, que Perotti converteu para fazer a alegria dos torcedores da Roma ao transformar a vitória em goleada.

Fonte: Gazeta Esportiva
Postar um comentário