Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Sul-Americana: Flu marca dois no fim, vence Defensor-URU e sai com vantagem

O Fluminense encontrou enormes dificuldades para furar o bloqueio incessante do Defensor, do Uruguai, no Maracanã. Mas a insistência e a paciência, mesmo com a cera adversária, deu resultado. Com Digão e Sornoza, 
FOTOS - LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.
o Tricolor bateu os visitantes por 2 a 0 e garantiu a vantagem no jogo de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. Veja a tabela do torneio e simule os resultados. O resultado coloca o Tricolor bem para o jogo de volta no dia 16 de agosto, às 21h45, no Estádio Luis Franzini.
Sem Gilberto, que sentiu dores musculares na coxa direita após o treino de terça-feira, Léo foi o titular. Na frente, Airton entrou no lugar de Richard, Matheus Alessandro no de Matheus Norton e Marcos Junior na vaga de Júnior Dutra. Tentando uma equipe mais ofensiva para garantir um bom resultado em casa.
O Tricolor fez um primeiro tempo muito superior ao adversário em termos de posse de bola, tentando, sem sucesso, infiltrações rápidas nas fortes linhas de defesa dos uruguaios. 
Sornoza criou as melhores chances, mas o Tricolor pecou nos últimos passes e, por isso, finalizou no alvo só uma vez, com seis chances para fora. Do outro lado, o Defensor mal chegou perto do goleiro Júlio César. Com proposta defensiva, a equipe também teve dificuldades para encaixar o contra-ataque.
Na segunda etapa, o Defensor aumentou a cera e parou o jogo diversas vezes para tentar esfriar o domínio do Flu e fazer o tempo passar. Com o clima quente dentro de campo, torcida e jogadores começaram a ficar irritados com a quantidade de paralisações da partida.
O cenário do primeiro tempo se repetiu na etapa final. Mesmo com domínio absoluto das ações, o Fluminense teve problemas para finalizar com perigo.
A melhor chance do jogo foi do atacante Pedro, aos 22 minutos, após bela jogada de Marcos Júnior. Mas ele chutou à direita do goleiro Reyes. O camisa 9 ainda viu Correa tirar outra chance clara quase em cima da linha pouco tempo depois.

 
Melhorando na pontaria nos minutos finais, o Fluminense, enfim, colocou a bola na rede. Aos 41 minutos, depois de cobrança de escanteio de Sornoza, Digão subiu para cabecear no ângulo de Reyes. 
A bola ainda toca no travessão antes de entrar e colocar 1 a 0 para o Tricolor no placar. Embalado pela torcida, o time das Laranjeiras ainda conquistou uma vantagem ainda melhor aos 47, quando Sornoza fez um belíssimo gol olímpico e fechou o marcador em 2 a 0, coroando a pressão tricolor.

Fonte: Lance
Postar um comentário