Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sábado, 1 de setembro de 2018

Na luta contra o rebaixamento, CRB vence Sampaio Corrêa e sobe na tabela

Em duelo de desesperados na luta contra o rebaixamento na Série B, o CRB recebeu o Sampaio Corrêa no Estádio Rei Pelé na noite desta sexta-feira e fez a lição de casa. Em duelo válido pela 24 rodada da Série B, o time da casa sofreu, mas conseguiu importante triunfo pelo placar de 2 a 1.
Foto: Reprodução Twitter - Sampaio Correa
O time da casa dominou o primeiro tempo, o que não se refletiu no placar, que foi em apenas 1 a 0 para o intervalo. Na segunda etapa, o CRB sofreu o empate, mas acreditou até o fim e voltou a ficar á frente no fim da partida, para garantir os três pontos.
Com o resultado, o CRB ganha um respiro e vai a 28 pontos, subindo para a 13ª posição, sem poder ser ultrapassado nesta rodada. O Sampaio, por sua vez, fica com 21 pontos e segue na vice-lanterna da competição.
Ambos os times voltam a campo na próxima terça-feira, para rodada cheia da Série B. Às 19h15 (de Brasília), o CRB visita o Avaí na Ressacada. Às 21h30 (de Brasília), é a vez do Sampaio Corrêa receber o Brasil de Pelotas no Castelão.
O primeiro tempo começou agitado, com intensa disputa no meio-campo. Logo aos dois minutos, o Sampaio chegou com perigo pela primeira vez, quando Jocinei arriscou um chute de fora da área e a bola acabou saindo por pouco.
A resposta foi imediata. O time da casa se lançou ao ataque e Neto Baiano sofreu a falta na perto da grande área. Aos cinco minutos, o próprio atacante fez a cobrança, a bola passou no meio da barreira, quicou, enganando o goleiro, e foi parar no canto esquerdo da meta para inaugurar o marcador.
Com o placar aberto, foi o Sampaio quem se mandou para o ataque, enquanto o CRB se fechava. O time visitante trocava passes, tentando achar espaços, mas esbarrava em forte marcação dos adversários. Aos 16, porém, foi a vez dos anfitriões chegarem à meta dos visitantes e quase ampliaram.
A bola sobrou na área do Sampaio e o zagueiro Anderson chegou batendo de primeira. A bola, no entanto, passou por cima do gol de Andrey, mas levou bastante perigo.
A equipe do Maranhão tinha dificuldades pra criar jogadas ofensivas, enquanto o CRB, explorando as laterais, quando chegava, era com perigo. Com metade do primeiro tempo jogado, o time da casa passou a pressionar mais e aumentar o volume de jogo.
A partida esfriou bastante e seguiu sem muitas emoções e muito menos chances para ambos os lados. O CRB manteve o domínio o jogo até o fim, porém não conseguiu concretizar a superioridade em gols. O Sampaio ainda teve uma chance aos 41 minutos em cobrança de falta de Jocinei, mas João Carlos saiu de soco para evitar o empate.
A segunda etapa voltou com a mesma marcação forte do CRB continua e com o Sampaio sem conseguir sair para o jogo. Fato é que o era bastante morno e a produção das equipes caiu em relação aos primeiros 45 minutos.
Aos 10 minutos, Jocinei apareceu de novo em jogada individual, puxou para o meio e chutou com força, mas a bola passou à direita da meta de João Carlos.
Aos poucos o Sampaio foi tomando a dianteira da partida e não tardou para deixar tudo igual em Maceió. Aos 19 minutos, após cobrança de escanteio de Jocinei, Julinho cabeceou no canto esquerdo baixo do goleiro e empatou para os visitantes.
Depois do gol dos adversário, o CRB começou a buscar espaços na defesa do Sampaio, que passou a se defender bem e se atentar ás jogadas de velocidade pelas laterais.
O Sampaio queria a virada e levou muito perigo, novamente com Jocinei, aos 32 minutos. Ele cobrou falta endereçada ao canto esquerdo baixo do goleiro, que fez boa defesa.
O empate parecia encaminhado, até que aos 37 minutos, mais um gol de falta. Neto Baiano armou para bater, mas quem foi para a bola foi Paulinho, que bateu no canto superior direito de Andrey, que nada pôde fazer para evitar o golaço.

Fonte: Gazeta Press
Postar um comentário