Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sábado, 1 de setembro de 2018

Renato Augusto alega motivos pessoais e pede dispensa de amistosos da seleção

Pedro Martins / MoWA Press
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) 
O meia Renato Augusto alegou motivos particulares e não disputará os amistosos da seleção brasileira contra Estados Unidos e El Salvador, nos dias 7 e 11 de setembro. A CBF optou por não desconvocar o jogador e não irá chamar um substituto para as partidas. A decisão foi tomada em conversa com o coordenador Edu Gaspar.
Renato pode ser a terceira baixa sofrida no elenco brasileiro que disputará os confrontos nos EUA. Pedro, do Fluminense, já foi cortado por lesão. Nesta sexta-feira, o Corinthians detectou lesão em Fagner -com um periodo de recuperação de ao menos três semanas, o lateral direito deve ser cortado da lista.
Renato Augusto sofreu com problemas físicos durante a disputa da Copa do Mundo. Uma sobrecarga de treinamentos atrasou sua preparação física. Na eliminação diante da Bélgica, nas quartas de final, foi um dos destaques, marcando o gol brasileiro na derrota por 2 a 1. Ainda teve nos pés a chance de empatar a partida, mas sua finalização a cinco minutos do fim passou raspando na trave direita de Courtois.
Em relação a Fagner, o Corinthians diagnosticou uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda. Segundo estimativa do departamento médico do clube, o prazo de recuperação é de três a quatro semanas, o que significa que o lateral direito não terá condições de jogo no período dos amistosos.
Fagner foi substituído nos minutos finais do confronto da última quarta-feira, diante do Colo Colo, pela Libertadores. Com dores, o jogador pediu para sair por precaução, para evitar uma lesão de maior gravidade. O Corinthians venceu o confronto por 2 a 1, mas acabou eliminado da competição.
O Brasil começa a chegar aos EUA neste domingo, quando desembarcam Tite e a comissão técnica. Na segunda-feira começam a chegar os jogadores.
Postar um comentário