Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Santos empata com Grêmio e chega a seu quarto jogo sem perder

Foto: Ivan Storti/Santos FC

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)
O Santos recebeu o Grêmio nesta quinta-feira (6), no Pacaembu, em São Paulo, pela 23ª rodada do Brasileiro, e ficou no empate sem gols, que acabou sendo ruim para ambos.
Com o placar, o time alvinegro chegou a 28 pontos e ficou na nona posição, dez pontos atrás do Atlético-MG, último time a ocupar o G6
De alento para a equipe de Cuca fica o fato de chegar ao quarto jogo sem perder no Brasileiro (antes havia acumulado três vitórias) e o sexto jogo sem sofrer gols, contando todas as competições.
O Grêmio, por sua vez, deixou o G4 e caiu para o quinto lugar, com 41 pontos.
Os gaúchos tentaram impor seu ritmo de toque de bola e domínio, mas com sete baixas viu a falta de entrosamento atrapalhar. Aos poucos os paulistas acertaram a marcação, principalmente pelo meio, e criaram dificuldades para a equipe do Sul.
Com maior posse de bola, os mandantes sentiam dificuldade em criar boas chances diante da melhor defesa do Nacional, com 11 gols sofridos. As tentativas do Santos eram sempre pelos lados.
Ninguém do Santos, contudo, encostava em quem tinha a bola para uma tabela fosse pela direita, fosse pela esquerda e a solução foram os chuveirinhos na área, que facilitaram a vida da dupla de zaga Bressan e Geromel.
Em uma das poucas jogadas em que houve aproximação, aos 23min, quase o gol. O lance teve participação de Victor Ferraz, Jean Mota e Gabigol, que finalizou com perigo no canto direito de Marcelo Grohe e obrigou o goleiro a uma boa defesa.
A resposta do Grêmio veio só aos 46 min em jogada de bola parada. Após cobrança de escanteio, Bressan finalizou, livre, e Vanderlei conseguiu evitar o gol gaúcho.
No segundo tempo, Cuca sacou Jean Mota e voltou com o lateral direito Daniel Guedes. Victor Ferraz, então, foi para o meio-campo.
A equipe da Vila até voltou bem e levou perigo, mas logo o jogo voltou a se enquadrar nos moldes da etapa inicial.
Cuca ainda ousou ao por Bryan Ruiz na vaga de Alison.
O Santos ficou com uma cara mais ofensiva, seguiu com a bola, mas pouco traduziu em chances de gol.
Os mandantes ainda foram prejudicados pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio, que ignorou um pênalti de Geromel no atacante Rodrygo.
No final, o Santos se lançou com tudo ao ataque. Na melhor chance, já nos acréscimos, Derlis González obrigou Marcelo Grohe a fazer mais uma grande defesa.
SANTOS
Vanderlei; Victor Ferraz, Robson Bambu, Gustavo Henrique e Dodô; Alison (Bryan Ruiz), Jean Mota (Daniel Guedes), Diego Pituca e Rodrygo; Gabigol e Eduardo Sasha (Derlis González). T.: Cuca
GRÊMIO
Marcelo Grohe; Leonardo, Geromel, Bressan e Marcelo Oliveira; Thaciano, Ramiro, Cícero, Matheus Henrique, Alisson e Douglas; André (Pepê). T.: Renato Portaluppi
Estádio: Pacaembu, em São Paulo
Juiz: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Cartões amarelos: Alisson e Daniel Guedes (SAN); Marcelo Grohe (GRE)
Postar um comentário